A Sala da Ina

Educação de Infância

Ler é importante!

“Quando os pais lêem alto aos filhos, as competências das crianças aumentam, assegurando-lhes benefícios para toda a vida. (…)

Para evitar problemas na aprendizagem da leitura é aconselhável a intervenção precoce da família, logo a partir dos 6 meses de idade.(…)
Sempre que os médicos de família, os pediatras e os enfermeiros se dispõem a promover a leitura em família obtêm resultados muito positivo, pois os pais confiam muito no seu aconselhamento em tudo o que diz respeito ao bem-estar e ao desenvolvimento da criança.(…)”
In Young K.T., Davis K., Schoen ., et al: Listening to parents. A National Survey of parents with young children. Arh Paediatric. Adolesc. Med. 1998; 152:255

“Os livros ajudam as crianças a lançarem-se no mundo. E ajudam pais e filhos a estreitarem os laços afectivos.”

Capage, Kate (PHD) e Manzak D. W. (MPH)

 “Baixos níveis de literacia têm consequências directas na saúde: acesso mais limitado a informação relativa à saúde, uso incorrecto dos serviços de saúde e dos medicamentos, dificuldade em cumprir as prescrições médicas, erros na administração de medicamentos às crianças, maior rico de acidentes domésticos, no trabalho, nos transportes, menor adesão aos programas de rastreio e profilaxia, estilos de vida menos saudáveis.”

“A investigação demonstra que os médicos podem ter uma influência muito positiva no desenvolvimento da literacia das crianças. Para isso devem estar informados sobre as questões do desenvolvimento da  literacia e prestar aconselhamento às famílias.”
In Paediatr Child Health Vol 11 Nº 9 Nov 2006 – Canadian Peaditric Society, Read, speak, sing: Promoting literacy in the physicians office.

Os médicos e as organizações de saúde devem promover :

  • Inclusão de aconselhamento preventivo sobre a importância da leitura nos padrões orientadores da intervenção na área da saúde
  • Alianças entre médicos e organismos promotores da leitura (…) para lançar uma estratégia nacional de promoção de leitura. A primeira etapa pode ser um contacto com a biblioteca local para disponibilizar fichas de inscrições de leitores.
  • A compra de livros para crianças pelo governo e pelo sector privado para os distribuir gratuitamente nas consultas médicas.

« Projecto “Ler mais dá saúde”

%d bloggers like this: